fbpx

Blog Nutrição e Saúde

Qual a diferença entre prebióticos e probióticos?

O nosso intestino conta com mais de 100 trilhões de microrganismos, que juntos compõe a flora intestinal. E para estar com a saúde em dia é preciso manter a microbiota intestinal equilibrada com o consumo regular de probióticos e prebióticos.

Você sabe o que eles são e qual é a diferença entre eles? Confira o conteúdo que preparamos para entender os benefícios de cada um deles de forma simples e descomplicada:

Probióticos

Os probióticos são microrganismos vivos, as chamadas bactérias “do bem”, que quando consumidas adequadamente promovem o equilíbrio da microbiota intestinal.

Prebióticos

Já os prebióticos são componentes alimentares não-digeríveis derivados dos carboidratos, principalmente as fibras, que alimentam e contribuem para o desenvolvimento das bactérias benéficas, os probióticos.

Quanto mais prebióticos no organismo, mais as bactérias (probióticos) se reproduzem e garantem o bom funcionamento do intestino.

E o que faz mal para microbiota?

Fique de olho: O consumo de açúcar em excesso, gorduras saturadas, cigarro, álcool, estresse e sedentarismo são alguns dos hábitos que podem prejudicar e desequilibrar a microbiota intestinal.

O segredo está em manter uma rotina de exercícios acompanhado de uma alimentação saudável e equilibrada, sem esquecer da ingestão adequada de água.

Quais alimentos devo consumir?

Os probióticos podem ser encontrados em alimentos como iogurte natural, kefir, leite fermentado, kombucha. E os prebióticos em alimentos como cebola, aveia, maçã, soja, alho.

É importante investir nas fibras! Além de ajudar a manter a flora intestinal equilibrada, o seu consumo regular ajuda a reduzir o risco de doenças crônicas e metabólicas, como problemas no coração, diabetes tipo 2 e câncer de intestino.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda 20 gramas de fibras por dia para as mulheres e 25 gramas para os homens. Para ingerir a quantidade recomendada, é necessário que em cada refeição principal tenha, pelo menos, uma fonte desse nutriente.

Se você não consome a quantidade ideal de fibras, seja por conta da correria do dia a dia, ou pela dificuldade de ingerir os alimentos essenciais, a suplementação pode ser um grande aliado na sua alimentação.

O EnterFiber Prebiotic conta com fibras prebióticas, polidextrose e frutooligossacarídeos (FOS), que enriquecem a dieta e promovem o equilíbrio da flora intestinal, além de contribuir com a imunidade.

O sachê é muito prático, pode ser levado na bolsa para te acompanhar diariamente e pode ser adicionado a sucos, água, iogurtes, sem adição de sabor.

Encontre o distribuidor mais perto de você:  Clique aqui 

Gostou das dicas? Siga-nos nas redes, Instagram, Facebook e LinkedIn e acompanhe as nossas novidades.

POSTS RELACIONADOS