Blog Prodiet

BRASPEN – Diretriz de Terapia Nutricional no Envelhecimento

Participamos do Congresso Brasileiro da BRASPEN, que aconteceu em Outubro deste ano, e trouxemos em primeira mão as informações sobre a nova Diretriz de terapia Nutricional no Envelhecimento explicadas por um especialista.

Pedimos ao Dr. Thiago Martins Gonçalves, um dos autores do BRASPEN Journal de 2019 – Terapia Nutricional no Envelhecimento, para que comentasse os principais destaques sobre a nova Diretriz.

Este assunto está sendo cada vez mais estudado porque, em menos de 50 anos, o Brasil passou por uma transição. Hoje, ao invés de doenças infectocontagiosas, temos um grande aumento de doenças crônico-degenerativas, como a Doença de Alzheimer, a hipertensão e as Doenças cardíacas.

De acordo com o Dr. Thiago, doenças infectocontagiosas não são mais as predominantes porque, atualmente, temos um excelente arsenal terapêutico para o tratamento, prevenção e combate. Em contrapartida, surgem cada vez mais doenças crônico-degenerativas, por causa do aumento da expectativa de vida.

O processo de envelhecimento influencia no estado nutricional, pois, conforme o tempo passa, o idoso tem uma redução da massa magra e do metabolismo energético; assim, medidas nutricionais devem ser tomadas.

Suplementação alimentar no envelhecimento

Segundo a nova diretriz de envelhecimento, idosos com risco de desnutrição, que receberam Suplementos Nutricionais Orais (SNO), obtiveram maior ganho de peso e menor risco de quedas. Além disso, a suplementação, com proteínas de alto valor biológico e leucina, também pode auxiliar no tratamento da sarcopenia, uma disfunção muscular, tanto em quantidade quanto em qualidade do músculo esquelético, que se inicia a partir da 4ª década de vida e tem maiores repercussões funcionais a partir dos 80 anos.

“A suplementação ou enriquecimento da dieta pode ser realizada adicionando alimentos naturais ou nutrientes específicos às refeições, para aumentar o aporte energético. Exemplos: utilização de módulos de proteína em pó, maltodextrina e triglicérides de cadeia média (TCM) em alimentos de rotina e de preferência do idoso. Essas medidas aumentam a densidade calórica e protéica de refeições e bebidas, sem grande aumento no volume, o que pode, muitas vezes, mascarar o sabor e o tipo de suplementação no momento de uma refeição”, diz Dr. Thiago.

A nova Diretriz de terapia Nutricional no Envelhecimento menciona que “[as] características sensoriais dos alimentos (aparência, variedade de sabor, cor, aroma, textura), desempenham papel importante junto às preferências do idoso.” Para melhor ingestão oral, também indica-se:

  • Aconselhamento nutricional sobre a importância da alimentação para sua saúde;
  • Adaptação no cardápio. Deixá-lo, além de saboroso, nutritivo e atrativo: mais fácil para a mastigação;
  • Inserção de lanches intermediários;
  • Suplementos nutricionais orais (SNO);
  • Locais confortáveis para alimentação, que lembrem o domicílio e preferencialmente em grupo.

Além da SNO, há outras duas formas de suplementar a alimentação de idosos: através da Terapia Nutricional Enteral (TNE) e/ou da Terapia Nutricional Parenteral (TNP).

Para idosos que não conseguem ter uma SNO, indica-se a TNE. De acordo com o Dr. Thiago, a Terapia Nutricional Enteral deve ser indicada para pacientes idosos nas seguintes situações:

  • Quando a ingestão de alimentos/suplementos por via oral não atender, no mínimo, 60% das necessidades de energia e proteínas;
  • Em quadros clínicos específicos que necessitam de grande oferta de nutrientes para promover a recuperação do estado de saúde e que não estão adequadamente supridas pela alimentação oral;
  • Quando a ingestão de alimentos por via oral é impossível;
  • Quando a alimentação por via oral pode expor e aumentar o risco de broncoaspiração e pneumonia aspirativa.

Já a indicação da Terapia Nutricional Parenteral em idosos deve ocorrer:

  • Se a SNO e/ou a TNE for impossível por mais de três dias;
  • Se tiver menos que 50% das necessidades energéticas por mais de uma semana.

Em produtos, você encontra suplementos para diversas condições clínicas para SNO e TNE. Conheça algumas opções clicando AQUI.

Confira a Entrevista Dr. Thiago – Prodiet transcrita.

Referências:
Entrevista realizada com o Dr. Thiago José Martins Gonçalves, em 25 de Novembro de 2019.

Brazilian Society of Parenteral and Enteral Nutrition. BRASPEN Journal: Diretriz BRASPEN de Terapia Nutricional no Envelhecimento. ISSN 2525-7374. 3° Suplemento Diretrizes/2019.

POSTS RELACIONADOS