fbpx

Blog Nutrição e Saúde

A importância das mudanças alimentares e de estilo de vida após a cirurgia bariátrica

 

A obesidade é uma doença onde estão envolvidos vários fatores, muitos deles são comuns nas sociedades ocidentais e estão extremamente ligados ao crescimento do número de pessoas obesas. O aumento no consumo de alimentos, resultado da gama de oferta, as modificações no padrão das dietas, em sua maioria hipercalórica, o sedentarismo e a ansiedade, a qual o mundo moderno se encontra, são alguns dos fatores que causam um aumento no número de pessoas em sobrepeso no Brasil e no mundo.

A obesidade é uma doença crônica que não tem cura, apenas tratamentos, os quais incluem modificações no comportamento, tais como estímulo à atividade física, modificações na dieta, restrições da ingestão calórica e uso de medicações. Mas para o tratamento da obesidade grave, em casos de falhas seguidas no tratamento clínico, conforme muitos estudos científicos demonstram, a cirurgia bariátrica tornou-se uma alternativa segura e eficaz. Porém, esse tratamento também exige mudanças drásticas nos hábitos alimentares, comportamentais e sociais.  Após a cirurgia, o paciente deve ter orientação da equipe multidisciplinar para conseguir realizar essas mudanças.

Uma dieta ou planejamento alimentar tem que ser bem orientado para que o paciente emagreça de uma maneira saudável, mudando sua composição corporal, perdendo gordura com ganho de massa muscular.  Os profissionais da equipe multidisciplinar sempre irão orientar e planejar um cardápio onde todos os nutrientes essenciais estejam de acordo com as necessidades individuais de cada paciente, deve-se priorizar a ingestão de proteínas, o uso do suplemento proteico, a administração de complexos vitamínicos, bem como a prática de atividade física (quando o paciente for liberado pelo médico).

É primordial para o paciente bariátrico educar-se tanto na alimentação quanto no estilo de vida em todas as etapas do pós-operatório, só assim obterá o emagrecimento correto e saudável.  O paciente deve ser orientado, desde o pré-operatório, que essas modificações nos hábitos alimentares e no estilo de vida serão para sempre, pois assim o tratamento será efetivo e com um resultado que melhore sua qualidade de vida, suas comorbidades, quando existirem, e sua saúde emocional.

POSTS RELACIONADOS