fbpx

Blog Nutrição e Saúde

Por que acontece o reganho de peso após cirurgia bariátrica?

Há alguns anos, pensava-se que a ideia de recuperar o peso perdido após a cirurgia bariátrica não era possível, uma vez que reduzido o estômago e o intestino, o emagrecimento seria permanente. Hoje, sabemos que essa não é uma verdade. Cerca de 15 a 30% dos pacientes operados apresentam um reganho significativo de peso. Segundo o artigo do cirurgião Dr. Ricardo Cohen, podemos definir reganho de peso controlado após cirurgia bariátrica, o paciente que recupera 20% ou menos do peso perdido, enquanto que reganho excessivo é o que recupera 50%.

As causas de não controle pós-operatório são classificadas em fatores ligados ao paciente (comportamentais e biológicas) e aquelas relacionadas às técnicas cirúrgicas. Conversamos com a nutricionista Ana Paula Ferreira Melo, de Florianópolis, para explicar sobre os principais fatores associados ao reganho de peso:

1 – Não seguir as orientações nutricionais

Essa falha pode ocorrer desde o início, porém, é mais comum após a evolução até a consistência normal. Quando o paciente recebe a notícia que pode comer “de tudo”, muitas vezes, acaba retomando os hábitos responsáveis pela obesidade inicial.

2 – Falta de acompanhamento nutricional

Grande parte dos pacientes operados abandona a terapia nutricional após certo período. Com a falta de um profissional para orientar, a consequência acaba sendo, geralmente, a de desânimo com a alimentação saudável e retorno dos hábitos antigos.

3 – Hábito de beliscar

A maioria possui uma compulsão alimentar prévia. Com a impossibilidade de ingerir grandes quantidades após a cirurgia, muitas vezes, a compulsão em volume é substituída por um padrão ‘beliscador’. O problema é que beliscar, frequentemente, fora de hora também se associa a reganho de peso.

4 – Baixo consumo de proteínas

Um consumo proteico adequado é fundamental para prevenir a perda de massa muscular, tão importante para o emagrecimento, e também para auxiliar na saciedade, prevenindo os beliscos constantes.

5 – Sedentarismo

A prática de atividade física é essencial para auxiliar no emagrecimento após a cirurgia bariátrica, uma vez que acelera o metabolismo e previne a perda de massa magra.

Alerta da nutricionista: “Cirurgia bariátrica não faz milagre. É fundamental encarar o procedimento como o início de uma mudança de estilo de vida, com a necessidade de inclusão e, sobretudo, de manutenção de bons hábitos alimentares, prática esportiva, uso adequado de suplementações e acompanhamento com equipe multiprofissional”.
Artigo do Dr. Ricardo Cohen disponível em: http://bit.ly/29hRxFa

POSTS RELACIONADOS