fbpx

Blog Nutrição e Saúde

Leguminosas: elas são tão importantes que a ONU declarou 2016 como o Ano Internacional delas

Se você já prestou atenção na pirâmide alimentar brasileira, deve ter percebido que todos nós devemos consumir, pelo menos, uma porção diária de leguminosas. E inserir esses grãos na dieta não é nenhum pouco difícil, afinal quem não gosta de feijão, lentilha, grão de bico, ervilha e soja? A importância das leguminosas está diretamente ligada a quantidade significativa de nutrientes que esses grãos oferecem ao nosso corpo, por isso devem ser consumidas como parte de uma alimentação saudável, tendo em vista que seus benefícios contribuem para a melhora e manutenção da qualidade de vida.

E você sabia que as leguminosas ajudam no combate a obesidade, assim como a prevenir e auxiliar no controle de doenças crônicas como diabetes, problemas coronários e cânceres? Isso porque elas são fontes vitais de proteínas e aminoácidos de origem vegetal para o organismo, especialmente quando associados aos cereais. A proteína é um nutriente composto por partículas menores denominadas aminoácidos, dos 20 aminoácidos que o corpo utiliza como base para a elaboração de suas proteínas, 11 são produzidos pelo nosso próprio organismo e nove são obtidos exclusivamente através da alimentação. Esses aminoácidos que o corpo não consegue produzir (fenilalanina, isoleucina, leucina, lisina, metionina, treonina, triptofano, histidina e valina) são chamados de aminoácidos essenciais. É por isso que se apenas um deles estiver em falta, milhares de proteínas essenciais à vida deixarão de ser produzidas, provocando sérios danos à saúde.

Assim como todo alimento, cada tipo de leguminosa proporciona certos nutrientes em quantidades mais ou menos evidentes na sua composição. Por isso deve ser recomendado o consumo dos grãos de maneira variada, seguindo um plano alimentar individualizado, como parte de uma alimentação saudável, e não isoladamente.

Depois de conferir todos esses atributos fica fácil compreender o motivo pelo qual a ONU declarou 2016 como o Ano Internacional das Leguminosas (IYP). Segundo a Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura (FAO), designada para facilitar a implementação do Ano em parceria com governos, organizações relevantes, Organizações Não Governamentais e várias outras entidades, o IYP “objetiva intensificar a conscientização da população acerca dos benefícios nutricionais das leguminosas como parte de um sistema de produção sustentável visando à Segurança Alimentar e Nutricional. O ano vai criar uma oportunidade única para encorajar conexões através da cadeia alimentar para utilizar as leguminosas como fonte proteica, produções globais futuras de leguminosas, utilizar melhor a rotação de culturas e enumerar os desafios na troca de leguminosas”.

AF_PR516C_Infogra?fico_Fevereiro_05-02

Não deixe de acessar o site do IYP para saber mais sobre esse assunto tão importante.

POSTS RELACIONADOS