fbpx

Blog Nutrição e Saúde

Cuidados para a prática de exercícios ao ar livre

A primavera está aí e, com o aumento gradual da temperatura, vem aquela sensação de que é preciso renovar o ânimo para praticar atividades físicas. Depois de uma pausa durante o inverno, quando as academias e parques costumam esvaziar, jovens e adultos começam a buscar oportunidades para exercitar e preparar o corpo para o verão.

A falta de disposição para praticar atividades nos dias mais frios tem explicação científica. As temperaturas baixas deixam a musculatura mais contraída – com o objetivo de reter calor – e, consequentemente, menos disposta a exercícios. “A verdade é que fatores culturais e psicológicos influenciam muito mais na prática de atividades físicas do que as alterações fisiológicas dos músculos”, explica Camila de Araújo Prata, especialista em Nutrição Clínica e Esportiva.

A temperatura amena é um convite para as atividades ao ar livre, que normalmente apresentam uma alternativa ao ambiente movimentado e mais barulhento das academias. Nesse sentido, a caminhada é uma boa opção, já que pode ser feita por qualquer pessoa* e, variando velocidades, é possível realizar um treinamento com diferentes níveis de dificuldade. Andar de bicicleta ou elaborar um circuito de alongamento são outras alternativas para quem tem um parque ou área verde à disposição.

Quer no verão, quer no inverno, especialistas ressaltam que o importante é criar o hábito de exercitar-se e, para isso, é preciso encontrar uma atividade prazerosa. “Se o objetivo é melhorar a saúde, qualquer exercício feito regularmente é positivo”.

Alimentação

Quem vai começar a praticar exercícios precisa ficar de olho na alimentação. “A orientação nutricional vai depender do objetivo para o qual está sendo feito o exercício, além do sexo, peso e idade da pessoa”, explica a nutricionista Camila de Araújo Prata. Uma recomendação geral, porém, é nunca começar uma atividade física em jejum, sob o risco de sofrer de hipoglicemia e pressão baixa. “Em até uma hora antes do exercício é indicado um lanche leve e rico em carboidratos complexos, como cereais ou granola”, orienta.

*Consulte seu médico antes de iniciar atividades físicas regulares.

 

POSTS RELACIONADOS