Blog Prodiet

Inquérito Latino-Americano de Terapia Nutricional Domiciliar pode ser respondido até o final de junho

Resultado será apresentado no México e conta com a parceria da SBNPE/BRASPEN

Inquérito Latino-Americano de Terapia Nutricional Domiciliar pode ser respondido até o final de junho

A Terapia Nutricional (TN) tem como objetivo manter ou recuperar o estado nutricional e funcional dos pacientes que, por alguma razão, não podem ou não conseguem se alimentar pela via oral. Desta forma, estão indicadas a utilização de sondas ou ostomias, quando o trato digestório está apto, ou ainda a via venosa, quando o uso do trato digestório não deve ou não pode ser utilizado.

Neste contexto, é fácil entender como a TN se ampliou no âmbito da atenção à saúde no domicílio, já que o cuidado domiciliar (CD) tem finalidade de dar continuidade aos cuidados hospitalares, minimizar intercorrências clínicas e evitar reinternações hospitalares precoces, proporcionando recuperação clínica e nutricional sempre que possível por meio de monitoramento multiprofissional. A Terapia Nutricional Domiciliar (TND) reduz custos e otimiza leitos hospitalares por meio de uma assistência humanizada de forma integral.

Para garantir as boas práticas da TN em ambientes hospitalares, os profissionais de saúde consultam os guidelines, revisões clínicas práticas publicadas por sociedades de nutrição para o manejo nutricional do paciente, como, por exemplo, da Sociedade Americana de Nutrição Enteral Parenteral (ASPEN) e da Sociedade Europeia de Nutrição Clínica e Metabólica (ESPEN). Porém, quando se trata de Terapia Nutricional Domiciliar, poucos são os estudos e condutas norteadoras neste tema para a prática.

 

Inquérito Latino-Americano de TND

Visando obter mais dados referentes à Terapia Nutricional Domiciliar e, posteriormente, à elaboração de diretrizes para auxiliar e nortear os profissionais para atuarem na área com segurança, a Federação Latino-Americana de Nutrição Parenteral e Enteral (FELANPE), em parceria com a Sociedade Brasileira de Nutrição Parenteral e Enteral (SBNPE/BRASPEN) está realizando o primeiro Inquérito Latino-Americano de TND. De acordo com a presidente do Comitê de Assistência Nutricional Domiciliar (CAND) da BRASPEN, Denise van Aanholt, o questionário é um primeiro passo que servirá para avaliar como é a prática da TND nesses países de uma forma geral, para depois ampliar o trabalho do comitê de nutrição da FELANPE com novas condutas.

“O inquérito poderá também ampliar para boas práticas de Terapia Nutricional Parenteral, além de impulsionar mais a prática de TN oral. Os resultados servirão para apontar eventualmente quem é a população alvo para TND, idade, diagnostico etc. E deixará visualizado a orientação de Nutrição Enteral domiciliar, entre outras informações que iremos analisar com os resultados das diferentes perguntas que compõem o questionário”, explica.

Profissionais que atuam na área que quiserem participar da pesquisa, têm até o final de junho de 2018 para acessar o questionário em português pelo link https://pt.surveymonkey.com/r/RQR97LM.  O início da tabulação dos dados deverá ser em julho, para posterior publicação e apresentação dos resultados durante o congresso da FELANPE, que ocorrerá no México, no segundo semestre deste ano.

 

1º Inquérito Brasileiro de TND

Percebendo a lacuna na literatura referente a dados relacionados à assistência nutricional domiciliar (AND) no Brasil, a SBNPE criou um comitê de assistência nutricional domiciliar (CAND) e, como ação inicial, desenvolveu um questionário específico para avaliar a situação brasileira da AND. O Primeiro Inquérito Brasileiro de TND foi realizado em 2016 e publicado em 2017.

“Os dados colhidos nessa investigação representam uma importante documentação do estado atual da TND no país. São dados importantes para nortear novas pesquisas, orientar os serviços de saúde pública, sociedades interessadas em TN, indústrias e hospitais brasileiros. Um outro ponto importante de conclusão é a necessidade de uma nova diretriz de recomendações e um manual de boas práticas em AND. Quanto às participações, a maioria foi de profissionais não atuantes diretamente em cuidado domiciliar. Neste segundo, gostaríamos que mais profissionais atuantes em home care participassem”, aponta Denise van Aanholt, da BRASPEN.

 

Veja a seguir alguns resultados do Inquérito Brasileiro sobre o Estado Atual da Terapia Nutricional Domiciliar 2017:

Inquérito Latino-Americano de Terapia Nutricional Domiciliar pode ser respondido até o final de junho

Inquérito Latino-Americano de Terapia Nutricional Domiciliar pode ser respondido até o final de junho

Inquérito Latino-Americano de Terapia Nutricional Domiciliar pode ser respondido até o final de junho

Inquérito Latino-Americano de Terapia Nutricional Domiciliar pode ser respondido até o final de junho

 

Referência:

file:///E:/PRODIET/Inquerito-brasileiro.pdf

 

POSTS RELACIONADOS