0800 702 8845 / (41) 3342 2825

BLOG PRODIET

Como lidar com os efeitos colaterais da quimioterapia

Como lidar com os efeitos colaterais da quimioterapia

A quimioterapia é um método que usa compostos químicos (quimioterápicos) para tratar doenças causadas por agentes biológicos. É uma das formas mais utilizadas no tratamento de pacientes com câncer.

O quimioterápico usado nesse caso, é uma substância química capaz de matar células do câncer. O procedimento pode ser realizado através de comprimidos que o paciente deve tomar diariamente ou misturando um medicamento ao “soro” e injetando-o na veia do indivíduo.

É comum em uma quimioterapia a utilização de mais de um tipo de quimioterápico, procedimento chamado de protocolo de tratamento. Ele determina a quantidade de quimioterápicos que devem ser ministrados, bem como o momento em que devem ser aplicados e a forma como precisam ser combinados.

Quais são os tipos de quimioterapia?

É possível fazer a aplicação da quimioterapia utilizando um ou mais quimioterápicos. O uso de drogas isoladas se mostrou ineficaz no tratamento da maioria dos tumores, já o uso de drogas associadas é eficaz e busca atingir populações de células em fases distintas do ciclo celular, reduzir o desenvolvimento da resistência às drogas e desenvolver uma resposta maior em relação à dose administrada.

Os tipos de quimioterapia são:

  • Paliativa: sem fins curativos, é administrada para melhorar a qualidade de vida do paciente.
  • Neoadjuvante ou prévia: é indicada para conseguir uma redução parcial do tumor, a fim de permitir que seja feita complementação terapêutica com radioterapia e/ou cirurgia.
  • Adjuvante: realizada depois da cirurgia curativa, seu objetivo é diminuir o aparecimento de metástases à distância através da esterilização das células residuais locais e circulantes.
  • Curativa: é utilizada para conseguir controlar completamente o tumor.

Efeitos colaterais da quimioterapia e como lidar com eles

Os efeitos colaterais da quimioterapia variam de acordo com as propriedades de cada medicamento e com a reação do organismo de cada paciente. Porém, existem alguns efeitos colaterais mais comuns:

  • Enjoos;
  • Vômitos;
  • Queda de cabelo;
  • Aftas;
  • Diarreias;
  • Perda de apetite;
  • Boca seca;
  • Aumento da sensibilidade com comidas frias e quentes;
  • Dor no corpo;
  • Fraqueza;
  • Infecções bucais;
  • Febre com baixa imunidade.

Após iniciar o tratamento o médico vai avaliar a tolerância do paciente e indicar medicamentos para amenizar esses efeitos. Algumas dicas para lidar com os efeitos colaterais são:

  • Evite esforços físicos exagerados;
  • Antes do início do tratamento de quimioterapia, procure um dentista;
  • Mantenha a boca úmida tomando água ou consumindo balas e chicletes;
  • Faça a higiene bucal corretamente todos os dias;
  • Evite fumar cigarros, charutos e produtos similares;
  • Escolha uma escova com cerdas extra macias e molhe em água quente antes de escovar os dentes;
  • Prefira alimentos úmidos e macios, fáceis de mastigar e engolir;
  • Use molhos, caldos, iogurte e outros líquidos para amolecer a comida;
  • Tenha o acompanhamento de um nutricionista;
  • Picolés e sorvetes podem aliviar as dores na boca;
  • Evite bebidas alcoólicas e refrigerantes;
  • Evite comidas crocantes, pontudas, apimentadas e cítricas;
  • Em alguns casos, praticar atividade física leve 3 vezes por semana segundo orientação médica pode ser benéfico.

Agora que você entendeu um pouco mais como lidar com os efeitos colaterais da quimioterapia, deixe um comentário contando suas experiências ou dúvidas.

 

Este post foi útil? Sim Não

POSTS RELACIONADOS