0800 702 8845 / (41) 3342 2825

BLOG PRODIET

Como melhorar a qualidade de vida do paciente oncológico

Como melhorar a qualidade de vida do paciente oncológico

O câncer é uma doença que atinge milhões de pessoas em todo o mundo e é a segunda maior causa de morte por doenças crônicas não transmissíveis. Ao ser diagnosticado, o paciente oncológico enfrenta uma mudança brusca em sua vida, necessitando de cuidados especiais que vão além do aspecto físico. A família também é afetada.

No Brasil, a estimativa para 2016 era de que surgissem quase 600 mil novos casos e os números só tendem a aumentar no mundo todo. Assim, é fundamental buscar formas de melhorar a qualidade de vida do paciente oncológico.

Fatores a serem levados em consideração

Podemos dizer que qualidade de vida são as condições que colaboram para o bem-estar global de uma pessoa. Quando falamos na qualidade de vida do paciente com câncer devemos considerar a influência de quatro facetas.

Condição Física

Ela afeta diretamente o corpo e a rotina da pessoa. São as dores, desconfortos, sono e repouso, bem como os níveis de fadiga e energia, a mobilidade do paciente oncológico e a capacidade de realizar atividades cotidianas.

Condição Psicológica

Neste domínio entram sentimentos negativos e positivos, autoestima e a imagem corporal que tem de si mesmo. Ele pode abalar muito o paciente oncológico e seus familiares, pois há uma forte carga emocional ligada ao diagnóstico e ao tratamento.

Condição Social

Ele abrange relações pessoais e suporte social recebido, já que o câncer e seus tratamentos podem alterar a capacidade de comunicação e interação social dos pacientes.

Condição do meio ambiente

Este domínio considera o ambiente físico em que está inserido e os cuidados sociais e de saúde que recebe, a sensação de segurança e proteção, se ele se sente amparado por seus recursos financeiros e acolhido em seu lar.

A faceta do Meio Ambiente costuma ser a mais preservada, enquanto os domínios Físico e Social são os mais comprometidos, merecendo atenção especial. O Psicológico também não fica atrás.

Como melhorar a qualidade de vida do paciente oncológico

Alguns pontos que devem ser observados para melhorar a qualidade de vida do paciente oncológico:

1. Cuidados específicos, para minimizar os sofrimentos causados pela doença, sejam eles da ordem física, psicológica ou espiritual.

2. Estabelecer uma boa relação entre os pacientes e familiares, aumentando a sensação de amparo e mantendo as relações pessoais.

3. Oferecer tratamento digno, aumentando a sensação de segurança e, consequentemente, os sentimentos positivos do indivíduo.

4. Contar com uma equipe multidisciplinar para tratar o paciente como um todo. Essa equipe deve contar com oncologista clínico, radioterapeuta, paliativista, nutricionista, enfermeiro, psicólogo, fonoaudiólogo, fisioterapeuta, assistente social, capelão e outras especialidades relacionadas ao diagnóstico e tratamento cirúrgico.

Os aspectos que influenciam na qualidade de vida do paciente oncológico são muito importantes. Deixe um comentário oferecendo sua opinião sobre o assunto!

Se você gostou desse conteúdo, clique aqui e confira mais artigos sobre como aumentar a qualidade de vida do paciente oncológico.

Este post foi útil? Sim Não

POSTS RELACIONADOS