0800 702 8845 / (41) 3342 2825

BLOG PRODIET

O consumo de embutidos e o risco de câncer

alimentos-embutidos-e-o-risco-de-cancer

Atualmente, é muito comum ver que os hábitos não saudáveis e já muito conhecidos nos EUA, passou a fazer parte do dia a dia da maioria de nós brasileiros.

Na maioria das vezes, esses alimentos são rapidamente aceitos devido a praticidade no preparo e também pelo fato de serem saborosos. No entanto, a grande maioria costuma ser pobre em nutrientes e, por outro lado, possuem muitos aditivos químicos como conservantes, corantes e sódio, é o caso dos embutidos, por exemplo.

Os embutidos em geral possuem em sua composição elementos conhecidos como conservadores, entre eles destaca-se o nitrato e nitrito. A adição desses componentes visa a preservação da cor avermelhada e retardamento da rancidez do alimento, essa preservação se dá pela redução da atividade água do alimento, a qual também inibe o crescimento de microrganismos, em especial do Clostridium botulinum.

Os alimentos mais comuns que possuem a adição do nitrato são os embutidos como presunto, salsichas, bacon, salames e linguiças curadas, mas pode ser encontrado também em certos peixes e aves que levam o processo de cura como método de preservação.

A ingestão de nitrato é considerada um possível fator de risco para o câncer, devido a sua transformação em nitrito e posteriormente em compostos N-nitrosos, que são comprovadamente cancerígenos (CORREIA 2009; IARC 2010).

Em 2015 a OMS divulgou uma nota por meio da Agência Internacional de Investigação sobre o Câncer (IARC) a respeito do consumo excessivo de carne vermelha e carne embutida e sua toxicidade para o câncer.

A pesquisa reuniu cerca de 800 estudos científicos de dez países e apontou que o consumo diário de 50gr de embutidos (equivalente a 4 fatias de presunto) pode aumentar em até 18% o risco de câncer colorretal. Vale ressaltar que esse tipo de câncer atualmente é o segundo mais diagnosticado em mulheres e o terceiro em homens, segundo dados da própria OMS.

O consumo de carne vermelha também já foi empregado como provavelmente cancerígeno, enquanto que o consumo de carnes embutidas foi classificado como cancerígena para os seres humanos.

A diferença entre estes dois alimentos é de que tem sido observada uma possível relação do consumo de carnes vermelhas com o câncer, mas que ainda não há evidências suficientes para confirmação, enquanto que no consumo de embutidos essa associação já está comprovada.

Em contrapartida, estuda-se os benefícios advindos do nitrato no auxílio da redução da pressão arterial e melhora do desempenho em exercícios físicos. Alguns vegetais apresentam em sua composição o nitrato, porém esses alimentos possuem inibidores endógenos de nitrosação que impedem a formação dos compostos N-nitrosos, o que explica esses benefícios.

É importante estar sempre atento ao valor nutricional dos alimentos que fazem parte da sua rotina diária, além de saber balancear uma alimentação nutritiva sem perder o sabor.

QUAIS SÃO AS PRINCIPAIS CAUSAS E COMO LIDAR COM A PERDA DO APETITE DO PACIENTE COM CÂNCER

Este post foi útil? Sim Não

POSTS RELACIONADOS